<!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </head> <body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d2957003844847580245\x26blogName\x3d%5B%E3%81%82%E3%81%84+%E2%98%86++%E7%99%BD%E3%82%92%E4%BF%A1%E3%81%98%E3%81%A6%E3%82%8B%5D\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://majika-ru-wing.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://majika-ru-wing.blogspot.com/\x26vt\x3d7545170326707384402', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

[O.S Project Noobway I ] - Kioku no mori.

domingo, 31 de janeiro de 2010


Tic ... Toc ...
Tic ... Toc...


Os ponteiros do velho relógio que esteve naquela velha casa desde que ela fora construída, agora naquela sala imunda composta por uma mobília desgastada que criava teias de aranhas, marcava os segundos do doloroso tempo que aparentava nunca passar.
Com um forte fluxo de luz, Kamui abria lentamente seus olhos, aquelas duas pupilas negras voltavam a ver o mundo novamente. Bocejou e logo em seguida levou a mão esquerda ao olho para coçá-lo, passou a mesma mão levemente nos fios que lhe atrapalhavam a visão estando encima dos olhos e pôs se de pé.


-Mas que estranho...


Inesperadamente viu-se em um quarto com pouca iluminação, olhou tudo a sua volta, um carpete verde escuro ocupando todo o chão, móveis marrons com tons amarelados em alguns lugares, e uma pequena luz vindo da porta do quarto. Caminhou em direção a essa porta, e ao sair encontrou-se em um enorme corredor sombrio, que levava somente a uma porta no final dele.


-Mas que diabos, onde eu estou? É mais um desses sonhos esquisitos que eu ando tendo?



Em seguida deu uns tapas em si mesmo no rosto para ver se acordava, mas não sentiu reação alguma.. estava no mesmo corredor sombrio. Avistou mais para frente algumas portas e nas paredes haviam quadros que o fizera depois de um tempo de reflexão, soltar um grito de espanto. Não eram nada mais nada menos do que quadros dele mesmo,não haviam um certo padrão pois haviam fotos de todas as idades, fotos em vários lugares, com seus amigos, com seus familiares, fotos que nem mesmo ele se recordava da existência.

- Certo, se isso for mais um pesadelo, já está passando do limit..



Antes que conseguisse concluir a palavra, foi interrompido por passos que começou a ouvir vindo em sua direção, mas virando-se para o lado contrário do corredor não viu ninguém, estava vazio. Aquilo estava começando a agoniá-lo, aquilo iria começar a mexer com seus nervos. Começou a pensar se estava sendo testado ou coisa do gênero, e por que estava naquele lugar afinal? A ultima coisa que tinha se lembrado de ter ido dormir em seus aposentos e depois ter acordado naquele local, que infelizmente ainda lembrava um pouco da casa em que vivera na infância.

-hihihi


Todo seu corpo estremeceu, como se a situação não estivesse ruim o bastante estava acabando de ouvir uma risada seca, malisicosa e sem vida. Sua face ficou pálida, sua pulsação começou a ficar mais rápida então pôs se a apressar os passos em direção á porta no fim do corredor, não importando o que ele iria achar atrás dela. Tropeçou algumas vezes no caminho devido ao nervosismo, a porta parecia sempre ficar mais distante, por mais que ele andasse.



-Que ridículo! Estou quase borrando as calças por causa de uma mera risada, e por estar em um corredor que o zelador não vem a um bom tempo limpar, tendo uma porta no final do corredor? paciência! O que mais pode-me acontecer?



---


Pois é, vocês devem estar se perguntando 'o que é isso?'. Bom, como eu a um tempo atrás mencionei sobre querer escrever uma fic, essa One-shot Project Noobway I é um 'rascunho', ou digamos que uma 'cobaia', ou um texto qualquer que eu levei um pouco mais a sério do que os outros.Eu ainda sou iniciante nesse ramo, então não esperem coisas extraordinárias vindo do Magi ok? [pelo menos por enquanto] Ç-Ç

Ainda está algo bem parelelo, mas com uma ótima pitada de mistério [? confesso que nem eu mesmo sei o que vai acontecer com o [s]azarado do [/s] Kamui, é esperar para que a minha mente insana dê continuidade a esse conto.
Em todo caso, outra coisa que eu quero comentar aqui.. vi um tópico sobre 'Recrutamento 2010 : Redação Radio Blast', tá .. não vou negar que minha mão coçou para eu clicar naquilo e preencher minha ficha de inscrição, mas não sei se eu estaria a nível de algo assim, ou se no fim iria acabar não conseguindo me comprometer. Ç-Ç'



Sem mais blá blá blá

jaaa ne ! <33
18 Comentários



it's 17:08 now



New Perspective

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010


''I wanna live a life from a new perspective'' ...

Essa frase resumo totalmente o meu início de ano.
Começando decentemente um post sobre o início do ano, eu esperei esse primeiro mês.. o de Janeiro passar para ter uma 'prévia' das coisas, se elas iriam melhorar ou piorar com a chegada de um novo ano.. mas o resultado foi negativo, meu ano já começou 'puro desastre'. Mas não é hora de desanimar, ?

Já comecei o ano com pensamentos aflorando, se manifestando, me atormentando, me tirando o sono. Não andei com muita paciência para postar aqui -note a pequena quantidade de posts[? que eu tenho em meu blog- É as vezes até estranho sabe? -não Magi, eles não sabem- Bom, andei tomando atitudes que não esperava que vinhessem logo de mim, deixei o msn de lado, ando de vez em quando no orkut respondendo recados.. e não fiz nada de tão surpreendente nesse mês, para completar minhas férias acabaram. Não foram as piores férias que eu tive, mas também não foram as melhores.. e se existem pessoas que marcaram esses meus dias de pura vegetação, são pessoas que agora menciono : Biia (mimi), Rapha,Kairi & Isa. Claro que mais pessoas tiveram papeis importantes, mas essas acima são as que realmente deixaram alguma marca em mim e me fizeram aprender algo novo, mesmo que não parecesse.
Estou por um lado deprimido, as terríveis, sufocantes -sim, elas são as vilãs no momento- e indesejáveis aulas estão voltando em dois dias, eu não sei por que mais ainda me iludo em sonhar que esse ano vai cair alguém legal na minha sala, que vou ter alguém para compartilhar momentos entre aquelas 4 paredes, bom não custa nada sonhar ?

Andei também pensando em coisas que deixei para trás, hábitos, costumes,'Hobbies', coisas que eu tinha ano passado.. como o 'Clube da Ameixa (R)', o Tao Heavenly Star Team -que foi meu primeiro e único time de para²-, raro , e amizades que hoje em dia não são mais como antes, ou sei-lá.. acontece aquela coisa de você perder contato com a pessoa. No momento eu liguei o 'fuck' pra minha 'vida social', eu não quero estar sempre rodeado de pessoas como sempre costumo estar, eu só quero que as pessoas que realmente me amam, e eu as amo estejam do meu lado, o resto não importa. É parando para pensar em tudo que você vê como certos pensamentos, valores e ideologias que você tinha antes podem ser coisas fúteis.
Bom 2009 se foi a um mês atrás, e com ele espero que essas coisas que eu mencionei acima e mais outras coisas fiquem com ele também, guardada na minha enorme caixinha de memórias.E para mim o meu ano está começando mesmo a partir da segunda que vem. É deixar de molesa, de sedentarismo, e partir pra luta.

Sobre 2010.

Esse é um ano em que coloco enormes perspectivas, o andamento do meu grupo de Cosplay anda tranquilo, agora se encontrando com 16 pessoas, é o ano em que vou para o Anime Friends pela primeira vez e consequentemente vou conhecer meus amigos da net,é o ano em que vou querer ter como prioridade o estudo - coisa que não faço desde o primeiro ano, me tornei muito relaxado- é o ano que vou fazer realmente um cosplay de 'verdade', tenho vontade de começar aulas de algum instrumento.. e outras coisas mil permanecem em minha cabeça no momento.
Sei-lá, ano passado foi tão desagradável, foi quando eu tive quase todas as pessoas virando as costas pra mim por causa de equívocos, foi quando tive um 'inimigo' pela primeira vez. Foi o ano em que a 'máscara' de muita gente caiu, eu me machuquei muito, foi quando eu percebi que nem tudo se resumia em ouvir dos outros que 'você é pop' e estar sempre achando que todos ao meu redor eram realmente pessoas boas, concluindo e eu só quero é que esse ano seja bom, só isso.
Outra coisa, normalmente eu começo algo e não termino, isso inclui qualquer coisa.. qualquer coisa mesmo. Então esse Blog, só o fato dele estar ainda aqui 'ativo' é uma das provas de que estou mudando.. mas vai entender ?

ja ne <3




14 Comentários



it's 23:14 now



Magic Cube

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Existem certas coisas que eu só ando guardando para mim mesmo, e não compartilho com mais ninguém.. sei-lá.. anda sendo bem difícil para mim pensar em alguém que eu realmente confie, e possa contar coisas pessoais sem ficar com um pé atrás. -que eu não ofenda as pessoas que são muito próximas de mim,não tenho intenção de tal- .. mas ultimamente ando vendo tanto a hipocrisia estampada sempre na face das pessoas, e isso me gera um certo desconforto. Mas eu não posso querer de mais dos outros em relação a mim mesmo, seria como colocar em primeiro lugar o meu egocentrismo que eu escondo dentro de mim.Eu nunca tive problemas em mostrar que o que eu fazia, fazia bem, e mesmo assim com o tempo percebi o quão as pessoas me elogiavam por tais, isso poderia incluir nas danças,na hora de cantar, de me vestir etc etc, então agora eu me vejo congelado em tudo isso .. e é como se eu estivesse perdendo meu 'lugar' para outras pessoas, coisas novas. Eu nunca fui uma pessoa de ligar muito pra isso, acho que estou preocupado porque estou me preocupando pela primeira vez. Sabe quando todas as pessoas próximas a você vão mudando,amadurecendo,evoluindo e você observa isso de longe? Então, eu vejo a vida de todos ao meu redor mudando mas a minha parece continuar na mesma,a mesma pacata e sem objetivos realmente fortes,a mesma que só se resume em coisas que agora considero como fúteis, parece que eu estou sendo deixado para trás, que as pessoas que antes seguravam minha mão enquanto eu seguia meu caminho a largaram e saíram correndo em disparada me deixando para trás. Talvez seja por isso que eu ando enjoando de todas as coisas que eu faço,sei-lá a constante procura por coisas novas começa a parecer uma tortura, mas uma nova esperança de meio de vida.
Eu sempre tive medo do envelhecimento,eu sempre quis evitá-lo, sempre que me vejo refletido no espelho vejo que é algo inevitável.. eu estou envelhecendo a cada dia que se passa por mais que seja em um ritmo devagar.As vezes a velhice pode significar duas coisas, ou uma frustração ou algo proveitoso, e na minha situação está mais para frustração.É como se eu estivesse ficando velho para as coisas.
Ah, sei-lá.. não quero que depois venham falar ' que post meio emo, você melhorou?' porquê eu não estou mal, estou apenas tentando expressar coisas que andei refletindo e só vi esse Blog como opção, tem coisas que somente você entende e mais ninguém, pois é você que está passando por elas. E meu ano já começou de uma maneira péssima. Então as vezes isso tudo se embaralha na minha cabeça, e acho que só vou me sentir com a cabeça mais leve quando conseguir encaixá-las, igual quem sabe.. a um cubo mágico.
5 Comentários



it's 01:18 now



Metamorfose.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Encontrara-se mais uma vez com dificuldades para dormir, já não espantava-se por não estar dormindo,aquela insônia era algo que vinha acontecendo a uma semana. Uma leve sensação de irritação e insatisfação, ou um momento livre para colocar os pensamentos em ordem? pelo menos perceba a ironia da coisa, a lua estava cheia e seu brilho e esplendor ultrapassavam qualquer limite, isso incluía o limite da sua janela invadindo seu quarto tomado pelo escuro naquele momento. Cobriu-se novamente com o edredom quente e confortável deixando apenas os olhos para o lado de fora, um edredom meio desgastado de tantas lavagens e pelo tempo que estivera utilizando-o, já estava na hora de comprar um novo, mas para que pensar nisso agora? continue a tentar dormir, pensou consigo mesmo. Seus olhos percorriam por todo seu quarto apenas vendo o habitar da escuridão em confronto com a luz que entrava pela janela, e a procura pelo sono começou a parecer uma constante luta contra algo mais forte do que ele, mas pior ainda era começar a sentir a terrível e indesejada enxaqueca que só foi piorando. Era como se alguém que o detestasse muito pegasse duas tampas de panelas daquelas enormes aos quais sempre seus pais tinham o costume de fazer comida em épocas comemorativas e batessem as duas uma contra a outra com sua cabeça no meio delas.

Insegurança.. a quanto não a sentia não é mesmo? seria uma forma adequada perguntar como ela estava depois de tanto tempo sem a ver? mas deixando as brincadeiras de lado. Havia tanto tempo que não a sentia.. e tendo todos quase todos contra si e quase ninguém a favor de suas escolhas, realmente não era de se admirar que perdera tantas vezes o sono por estar ocupado de mais com pensamentos relacionados ás suas escolhas.
Mesmo estando agora questionando o motivo de sua insônia por um momento sentiu-se feliz pois seus olhos agora começavam a ficar mais pesados, horas era um bom sinal, logo iria finalmente conseguir dormir e dar um fim aqueles pensamentos inúteis. Pode parecer brincadeira, mas em meio a um curto tempo em que sentiu-se tranquilo e pronto para sonhar, veio-lhe uma dor no peito de uma maneira leve, mas crucificante, isso de fato parecia algo proposital do destino, ou talvez se resumisse em seu mal humor mesmo. Seus sentimentos pareciam como uma montanha russa, subindo.. descendo.. subindo.. descendo.. e não fixavam-se em apenas um sentimento.
Qual seria o real motivo daquela dor? Talvez essa dor só fosse parar quando ele achasse a resposta chave para todos os seus problemas que o atormentavam dia e noite. No entanto nada era fácil, até que acordou certos pensamentos que habitavam seu coração antes machucado..

'' A gentileza e a inocência que você aparenta ter, é apenas uma armadura que esconde a sua verdadeira face, um monstro com o poder de ilusão. Uma armadura que o protege fazendo você viver atrás do que é invisível aos outros e somente visível aos seus olhos. A chave para o pecado, para o sofrimento e a perdição. Quais as verdadeiras emoções que você guarda atrás desse leve sorriso ingênuo? Por quê não as tira de dentro de si e as mostra para o mundo? É como ser colocado em um labirinto em que cada passo pode ser fatal, cada corredor demonstra uma escuridão enganadora, é como um ser de sorriso seco e sem vida. A escuridão de cada corredor a ser caminhado é o que você tem por dentro sendo algo inevitável se de negar. A ausência de luz o transforma, uma metamorfose, uma besta com uma procura eterna pela liberdade da escuridão.''

Por que tivera um pensamento tão.. maldoso? Aquilo não se enquadrava a si mesmo, mas tinha certeza que pelo menos um pouco talvez sim. Uma sensação agoniante agora tomava conta de si, era como ter uma mão estrangulando o seu peito e a dor sendo quase como algo incomparável.
Mas a tremenda dor agora era quebrada por uma música suave, não se sabendo de onde vinhera, mas agora permanecia em sua cabeça.. era semelhante a uma música de ninar para crianças dormirem, tão suave quanto uma pena sendo levada pelo vento.
Estava ficando louco? Não sabia ao certo, só sabia que seus olhos agora estavam mais pesados do que anteriormente, então adormecendo com cada segundo se passando foi o que lhe aconteceu naquele momento.
8 Comentários



it's 23:58 now






☆ Majikaru Wing.☆
[黒執事] Ciel Phantomhive - 2011 version 1.0.

Layout/CSS: Magi; Images:Photobucket;

Image header : Sora.
since 2009.
☆ The creator
Sou chamado por um apelido curto e bobo, duas sílabas para ser mais exato,Magi. Faço jus ao típico clichê de não saber falar de si mesmo,todavia o pouco que acredito saber sobre mim considero um bom começo.
Me considero uma pessoa um pouco estranha, e quando eu digo estranha, é estranha mesmo! Bom, agora eu estou me perguntando por que estou escrevendo sobre mim para estranhos lerem, mas bem, é meu blog afinal e devo falar de mim aqui... Que coisa heim?


☆ About the Blog

Criado no dia 29 de Novembro de 2009. Acho que esse Blog é o reflexo do meu ego. Aqui é o local onde tenho minha criatividade desafiada, onde a motivo a me mostrar até que lugar pode chegar. Até o momento não considero ter chegado muito longe,porém meus passos nesse curto caminho estão todos registrados, em palavras. Sejam em pequenos textos, sejam em textos medianos ou até mesmo enormes, o que importa é que eu nunca deixe de tentar alcançar novos lugares e que aqui seja a prova viva desse meu esforço, compartilhado com alheios.

☆ Blog Archive

Aos meus registros eternamente inacabados.

Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010
Junho 2010
Julho 2010
Setembro 2010
Dezembro 2010



☆ Magi Stuff

  • My TUMBLR

  • ORKUT Profile II

  • My ThreeWords

    ☆ Recomendo!



  • にこさうんど# (nico nico)

  • Kosurupei Horic

  • Asian Nation (J-music mp3)

  • Animania Club (Anime mp3)

  • Onigiri Quase Prédio

  • Quando a neve derrete

  • We can fly

  • District of broken dreams

  • Komadori

  • Big house of a little girl

  • Caixa de Pandora


    ☆ Amebas Stalkers


    ☆ 片翼の鳥


    MusicPlaylist
    Music Playlist at MixPod.com




    my space statistics
    Apple software